Assim que um incorporador escolhe um terreno para fazer um empreendimento, ele tem que ir atrás de diversas informações que o ajudarão a definir a viabilidade financeira do negócio.

Um dos itens que mais pesa no bolso do empreendedor é a necessidade de implantar redes de água e esgoto. Por isso, é essencial fazer o quanto antes as consultas de rede junto à concessionária local. Só que nem sempre essa resposta é rápida.

Após um trabalho que contou com a participação de Secovi-SP (Sindicato da Habitação) e Abrasip (Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais), a Sabesp criou o serviço, que permite o protocolo online de solicitações de dimensionamento e diretrizes de água e esgoto. Clique aqui para acessar.

O prazo para a emissão dos documentos, de cerca de 45 dias (e que em alguns casos mais complexos chega a se estender por meses), no entanto, ainda não atende ao setor. Aliada às novas taxas cobradas por esses serviços (desde maio a Sabesp passou a cobrar R$ 970,94 pela emissão das diretrizes), essa emissão é alvo de descontentamento no mercado da construção civil.

Na tentativa de atender melhor o setor, a Sabesp prometeu reavaliar os prazos e criou um novo documento, o Atestado de existência de água e esgoto, com prazo de retorno de 5 dias úteis. O documento não substitui a emissão do dimensionamento e das diretrizes nem pode ser usado para a dispensa de Graprohab, mas pode servir para acalmar os ânimos dos empreendedores nessa fase preliminar.

De modo a facilitar ainda mais a implantação de novos edifícios, a Sabesp também está estudando um novo formato de parceria com o empreendedor para a implantação das redes, quando há essa necessidade. A concessionária analisa uma forma de assumir o projeto e a construção das redes, ações que hoje são de responsabilidade do empreendedor.

O assunto ainda está muito embrionário, mas Secovi-SP e Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) já se dispuseram a conversar com a Sabesp para chegarem a uma solução que atenda aos dois lados. Caminhando juntos, certamente o percurso será mais fácil e mais rápido.

Artigo anteriorArquitetura Sustentável: O gargalo está no ensino
Próximo artigoSuperfícies porosas para pavimento permeável
PAULO REWALD Formado em engenharia civil pelo Mackenzie e em engenharia elétrica pela Faap, Paulo Rewald é sócio-diretor da Rewald Engenharia Ltda. É ainda pós-graduado em administração de empresas pela FGV. Desde 1990, faz parte da diretoria do Secovi-SP, onde hoje é diretor de Normalização. Participa, ainda, como sócio atuante em várias comissões da ABNT. Em 2013, foi eleito Projetista do Ano, no 8º Prêmio MasterInstal, realizado pela Abrinstal e pelo Sindinstalação. FABIANA REWALD AUGELLI Formada em engenharia elétrica pela Anhembi Morumbi e em jornalismo pela PUC-SP, Fabiana Rewald Augelli é sócia da Rewald Engenharia Ltda. Atua ainda como Vice-Presidente de Relações Técnicas da Abrasip. Em 2017, foi eleita a melhor aluna do curso de engenharia elétrica no prêmio Dean's List do projeto Anhembi Morumbi Honors. Em 2007, recebeu o Prêmio Folha de Jornalismo, do jornal "Folha de S.Paulo", na categoria Serviço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here