Business People Meeting Planning Analysis Statistics Brainstorming Concept

Planejamento Estratégico é essencial para atingir os objetivos pretendidos!

 

No dia a dia acabamos tão envolvidos com as atividades de rotina que acabamos não separando um tempo para planejar estrategicamente o desenvolvimento de nossa empresa. Sabemos que estamos atualmente em um momento desfavorável na economia do país, e se não estivermos preparados, teremos menos chances de atingir nossos objetivos.

 

Planejamento EstratégicoPara um bom planejamento estratégico, três etapas são sugeridas: O entendimento do contexto no qual a empresa está inserida e como isto pode interferir nas atividades, conhecer a empresa em si – Financeiro, Estrutura Física, Recursos Humanos, Concorrência, e Maturidade de gestão e controle, e o planejamento das ações e investimentos dentro de um cronograma.

 

Contexto atual e objetivos:

Devemos inicialmente entender o ambiente na qual sua empresa irá atuar – estas informações são obtidas ao se ler jornais e revistas, acompanhar os sites do setor – as redes sociais hoje são uma ferramenta importante de comunicação em massa, participar de associações não só como ouvinte e sim atuar em suas atividades como grupos de trabalho, pesquisas e posicionamento politico – só assim seu setor ganhará força e reconhecimento, e conversar com os pares.

Devemos ainda definir os objetivos da empresa para 2018: Cada empresa tem seus próprios objetivos. E não vale dizer “Quero crescer”. Crescer significa aumentar o faturamento em x%, ou conseguir mais y clientes, ou realizar z projetos. Pode ser um objetivo só manter-se no mercado – em um momento instável da economia, pode ser diminuir de tamanho para restringir atuação a um público mais específico, pode ser ainda juntar-se com outras empresas. Importante aqui definir as metas: Quanto quer crescer, ou aumentar no faturamento, ou quanto vai pagar das dívidas!

Conhecer a empresa:

Financeiro:

É preciso entender os números da empresa. Quais os gastos fixos sua empresa possui, quais os bens e propriedades, quais custos já estão definidos, qual o faturamento previsto e quanto já está vendido, quais as possibilidades de diminuição de gastos ou aumento de lucro, ou se é necessária a regularização de algum aspecto.

Estrutura:

Qual o espaço físico que a empresa possui – necessita reformas ou manutenções? Vai ampliar as instalações? Precisa instalar nova infraestrutura? Mais postos de trabalho? Como estão os equipamentos: suportam a ampliação prevista? Já estão desatualizados? Precisa comprar ou renovar licenças de programas?

Recursos Humanos:

Como está seu pessoal: Qual o time que você tem, se algum estagiário vai se formar, se precisa mais gente, ou algum conhecimento específico. Vai diminuir o time – já verificou o passivo trabalhista – já sabe quando vai dispensá-lo? Como está a moral do time? Estão com férias planejadas ou atrasadas?

Concorrência:

Houveram alterações importantes em relação aos clientes, novas empresas ou novos produtos da concorrência? Você vai atuar em alguma nova área – o que precisa aprender ou alterar para permitir? Já pensou em exportar – precisa se preparar. Sabia que a AsBEA – Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura assinou convênio com a APEX Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, visando a construção e promoção da imagem da arquitetura brasileira, assim como a exportação de serviços deste setor? O Programa chama-se Built by Brazil e você pode participar!

Maturidade de gestão e controle:

Precisa investir em melhoria de processos para aumentar a produtividade? Implantar novas ferramentas de controle? Definir como fará a gestão da empresa com os novos funcionários ou a nova atividade prevista? Aqui fica minha sugestão de contratar um Consultor: Ele saberá como aplicar as melhores práticas, buscar conhecimento no mercado, e apoiar no desenvolvimento, implementação e criação de ferramentas e indicadores de acompanhamento.

Planejar e Implementar:

Agora sim, com todas estas informações é possível planejar o que vamos fazer, quanto vai custar e quando vamos fazer cada atividade. Uma observação importante: O planejamento estratégico não deve ser feito uma vez no começo do ano e depois arquivado na gaveta, e nem impresso a ferro e fogo na parede e depois seguido à risca. Um bom planejamento estratégico deve permitir ser revisto periodicamente, medido através de indicadores específicos para sua empresa, e replanejado ou ajustado sempre que necessário. Ele deve servir de linha guia para a tomada de decisões estratégicas da empresa, de modo a atingir com mais eficácia os objetivos traçados anteriormente!

E então, vamos começar? Se quiser ajuda, entre em contato, podemos conversar a respeito!

Grande Abraço, e um bom 2018 estrategicamente planejado!!!

#gestãolegal

Barbara.

Arquiteta e Gerente de Projetos, MBA, PMP e MRICS

Atualmente exerce Consultoria Independente.

20 anos de experiência no Desenvolvimento de Projetos no setor da Construção

4 anos de experiência em Auditoria, Gestão e Controle de Projetos de Engenharia e Construção na PwC

5 COMENTÁRIOS

  1. Oi! Concordo que um bom planejamento é necessário para atingir os objectivos de desenvolvimento 🙂 As vezes é muito dificil e Voce fica totalmente perdido… Pois eu sempre gosto de planejar e organizar as minhas coisas. Minha vida privada tal como vida profissional- prometo que quando voce organiza bem todas tarefas tem tempo para tudo! 🙂 Utilizo uma agenda digital que ajuda me arranjar as tarefas na vida diaria. Kanban https://kanbantool.com/pt/-realmente recomendo para as empresas pequenas e grandes que querem manter bom planejamento e sempre cumprir os prazos 🙂 Gostei o artigo demais! Um abraço para Voce

    • Olá, Ana,
      Agradeço seu comentário.
      Sempre bom saber que um artigo nosso foi elogiado, nos dá forças para escrever mais!
      Como gestora, sei bem como é importante se planejar!!! E agradeço o link, não conheço, mas vou lá dar uma olhada, com certeza!
      Se tiver interesse, leia meus outros artigos, com certeza irá te interessar também!
      Saudações,
      Barbara Kelch Monteiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here